Biblioteca Digital de Eventos Científicos da UFPR, II Congresso de Gestão Estratégica da Informação, Empreendedorismo e Inovação

Tamanho da fonte: 
APRENDIZAGEM BASEADA EM PROJETO NO DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE A PARTIR DA GESTÃO DO CONHECIMENTO
Byanca Neumann Salerno, Rafaela Wille de Aguiar, Maria do Carmo Duarte Freitas

##manager.scheduler.building##: Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação - FABICO/UFRGS
##manager.scheduler.room##: Auditório II
Data: 18-06-2019 11:00  – 01:00
Última alteração: 03-06-2019

Resumo


O uso de metodologias ativas tem sido estimulado na Educação a Distância por colocar o estudante no centro do processo de aprendizagem e por desenvolver determinadas competências requeridas pelo mercado de trabalho. Nesse contexto, a Gestão do Conhecimento facilita a melhoria do processo de aprendizagem por meio do mapeamento do desenvolvimento de competências. Esta pesquisa objetiva verificar se as estratégias e metodologia ativa baseada em projetos em uma disciplina totalmente à distância da Universidade Federal do Paraná promoveram o desenvolvimento das competências previstas em sua ementa. Para isso, utilizou-se o estudo de caso apoiado por pesquisa bibliográfica e documental, observação participante não estruturada e aplicação de questionário semiaberto com os estudantes. Os resultados mostram que as estratégias e a metodologia ativa baseada em projetos contribuíram para o desenvolvimento das competências previstas, ainda que seu estágio tenha variado. Conclui que a Gestão do Conhecimento favorece a melhoria do processo de aprendizagem por permitir mapear os erros e acertos do processo.

Palavras-chave


Educação a Distância; Metodologias Ativas; Gestão do Conhecimento;

Referências


AGUIAR, R. W.; PIONTKEWICZ, R.; FREITAS, M. C. D. Uso de tecnologias para Metodologias Ativas. Curitiba: Slides, 2018. Color. Apresentação utilizada no 1º Seminário de Educação Aberta da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

ALMEIDA, S. C. D.; SANTOS, A. M. Z. Gestão do conhecimento na educação a distância: propondo competências para o nível operacional. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, n. 1, p. 332-349, 2017.

BARBOSA, E. F.; MOURA, D. G. Metodologias ativas de aprendizagem na educação profissional e tecnológica. Boletim Técnico do Senac, v. 39, n. 2, p. 48-67, 2013.

BARROSO, A. C. O.; GOMES, E. B. P. Tentando entender a gestão do conhecimento. Revista de Administração Pública, v. 33, n. 2, p. 147-170, 1999.

DIESEL, A.; BALDEZ, A. L. S.; MARTINS, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema, v. 14, n. 1, p. 268-288, 2017.

FERNANDES, S. R.; FLORES, M. A.; LIMA, R. M. A aprendizagem baseada em projectos interdisciplinares: avaliação do impacto de uma experiência no ensino de engenharia. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 15, n. 3, 2010.

FERRARINI, R.; SAHEB, D.; TORRES, P. L. Metodologias ativas e tecnologias digitais. Revista Educação em Questão, v. 57, n. 52, p. 1-30, 2019.

FERREIRA, E. D. et al. Práticas de Gestão do Conhecimento aplicadas na educação à distância. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTIÓN UNIVERSITARIA, 16., 2016, Arequipa. Anais... . Arequipa: UFSC, 2016. p. 1-15.

FLEURY, M. T. L.; FLEURY, A. Construindo o conceito de competência. Revista de administração contemporânea, v. 5, n. SPE, p. 183-196, 2001.

FONSECA, S. M.; MATTAR, J. Metodologias ativas aplicadas à educação a distância: revisão da literatura. Revista EDaPECI, v. 17, n. 2, p. 185-197, 2017.

FREITAS, M. C. D. Ficha Nº2. 2018. 4 p. Ficha da disciplina de Tópicos em Informação e Hipermídia, do curso de graduação em Gestão da Informação da Universidade Federal do Paraná.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2003.

MARQUES, E. S. Gestão do conhecimento na produção de material didático para EaD: estudo no Setor de Revisão da SEDIS/UFRN. RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 15, n. 1, p. 24-42, 2019.

MASSA, H. C. O.; DAMIAN, I. P. M.; VALENTIM, M. L. P. Competência em informação no apoio à Gestão do Conhecimento. Informação & Sociedade: Estudos, v. 28, n. 1, p.257-267, 2018.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

RAMELLA, C. V.; CHAGA, M. A. M. C.; VOLPATO, A. N. Dialogicidade eficiente entre sujeitos: aluno/professor para material didático na educação a distância. Revista Uningá Review, v. 33, n. 2, p. 65-72, 2018.

REIS, M. M. Estatísticas aplicada à administração. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração, UFSC, 2008.

REZENDE, D. A. Sistemas de conhecimento e as relações com a Gestão do Conhecimento e com a Inteligência Organizacional nas empresas privadas e nas organizações públicas. In: TARAPANOFF, K. Inteligência, informação e conhecimento. Brasília: IBICT, 2006. p. 257-276.

SILVA, S. L. Gestão do conhecimento: uma revisão crítica orientada pela abordagem da criação do conhecimento. Ciência da informação, v. 33, n. 2, p. 143-151, 2004.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2005.