Biblioteca Digital de Eventos Científicos da UFPR, VII Encontro de Pesquisa em Comunicação

Tamanho da fonte: 
Movimento social e mídia local: a relação entre as ações do movimento de mulheres da primavera e o agendamento de pautas feministas no jornal Diário de Guarapuava
Priscila Schran de Lima, Ariane Carla Pereira

Última alteração: 08-07-2016

Resumo


O Movimento de Mulheres da Primavera teve início em 2004 com a realização da 1ª Romaria da Mulher no Bairro Primavera em Guarapuava – PR. Em 2008 o movimento passou a ter mais visibilidade no município, quando elegeu como vereadora uma de suas fundadoras. Desde então tem se tornado referência na organização popular de mulheres na cidade. Dentre os objetivos do Movimento está: promover a emancipação das mulheres nas esferas financeira, emocional e política, com foco no equilíbrio de gênero na sociedade e o combate à violência contra a mulher. Tal objetivo vem sendo cumprido por meio de mobilizações, formações e cursos para mulheres, campanhas de conscientização e inserção na mídia. Para compreendermos como as ações do Movimento de Mulheres da Primavera contribuíram para o agendamento de notícias sobre lutas e direitos das mulheres no jornalismo local, estudamos as edições do ano de 2013 do jornal Diário de Guarapuava e fizemos os batimentos teóricos utilizando a teoria da agenda setting, a tematização e os valores notícia. Pudemos perceder que o agendamento de notícias com pautas feministas, em especial as pautas relacionadas aos objetivos do Movimento, são relevantes para o jornal local, Diário de Guarapuava, tanto pela presença e luta do Movimento, quanto pelo índice alarmante de feminicídio na cidade e ainda a criação de um organismo de políticas públicas para as mulheres.

Palavras-chave


Resumo; Texto; Enpecom; Comunicação

Texto completo: PDF