Biblioteca Digital de Eventos Científicos da UFPR, III ENCONTRO DAS LICENCIATURAS REGIÃO SUL

Tamanho da fonte: 
O espaço público como sala de aula: uma caminhada pelo centro histórico de Florianópolis.
Beatriz Martinelli Machado, Matheus Albuquerque Flores, Bruna Maria Antunes

##manager.scheduler.building##: Setor de Sociais Aplicadas
##manager.scheduler.room##: 205
Data: 13-11-2019 03:30  – 03:45
Última alteração: 31-10-2019

Resumo


Esta comunicação aborda a importância da apropriação do espaço público como local de aprendizagem, a partir da experiência de uma saída de campo realizada com os alunos do 9º Ano da Escola Básica Municipal Almirante Carvalhal em Florianópolis, vinculado ao projeto PIBID/CAPES/UDESC. A discussão em sala sobre a ideia de sujeito e agente histórico levou à proposição de uma saída ao centro da cidade, para que este pudesse ser problematizado e submetido a uma análise sociohistórica, sendo utilizado como sala de aula. A saída de campo ofereceu diversas oportunidades para discussão de assuntos relacionados à ciência histórica, como a noção de patrimônio, a maneira pela qual o espaço foi e é ocupado, o valor dado à História pelo poder público, e também noções de cidadania, identidade e pertencimento. Analisando este espaço conhecido com um olhar histórico, pôde-se melhor construir imagens mentais sobre momentos de transformações socioculturais da região; para isso, constantemente fazendo uso da conexão entre presente e passado, possibilitando a compreensão da turma sobre mudanças e permanências no centro da cidade no início do século XX e no presente século XXI. A proposta foi bem recebida pela turma e determinou interessantes reflexões sobre a ocupação do espaço público hoje, a relação da população com a História e o patrimônio público, e o questionamento de realidades que parecem pré determinadas. Além disso, proporcionou abertura para o início de um debate sobre a História global, partindo da local, sobre a modernização e o contraste entre público e privado no presente. Para refletirmos a respeito de patrimônio, ensino de história e experiência utilizaremos Gonçalves (2016), Silva (2016) e Larrosa (2002).

Palavras-chave


espaço público; patrimônio; ensino de história; PIBID

Referências


BONDÍA, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação. n. 19 jan-abr. 2002.

GONÇALVES, Janice. Figuras de valor: patrimônio cultural em Santa Catarina. Itajaí: Casa Aberta Editora, 2016.

SILVA, Cristiani Bereta da. Que memória? Que história?: Usos do passado e o ensino de história a partir do presente. In: GONÇALVES, Janice (Org.). História do tempo presente: oralidade, memória, mídia. Itajaí: Casa Aberta, 2016. p. 117-139.




Um cadastro no sistema é obrigatório para visualizar os documentos. Clique aqui para criar um cadastro.