Biblioteca Digital de Eventos Científicos da UFPR, V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE GESTÃO E POLÍTICAS PARA O ESPORTE

Tamanho da fonte: 
DINÂMICA DE DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE ESTUDANTIL NO ESTADO DO PARÁ: O JEP’S EM FOCO.
Josiléia Neves Lira

Última alteração: 20-10-2022

Resumo


Os Jogos Estudantis Paraenses (JEP’s), considerados uns dos mais antigos do Brasil, já eram realizados antes mesmo da primeira edição dos Jogos Estudantis Brasileiros (JEB’s), em 1969. Atualmente, é o maior evento esportivo estudantil no estado do Pará. Por sua amplitude e relevância este estudo teve como objetivo identificar a forma de realização dos JEP’S, enquanto política pública de desenvolvimento do esporte educacional no estado do Pará, nos últimos 5 anos. O estudo bibliográfico foi baseado em Tubino (2011), entre outros autores, com aprofundamento sobre o esporte no espaço escolar e, o documental no Núcleo de esporte e Lazer (NEL) da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC/PA) sobre a regulamentação das atividades da educação física e do esporte na escola, da regulamentação dos JEPS, de 2017 a 2022. O estudo revelou que a forma de esporte escolar nas escolas estaduais, delimitação deste estudo, é regulamentada por projeto do NEL-SEDUC/Pa, intitulado Treinamento Desportivo (TD), estando as aulas de educação física, em acordo com a  LDB, 9394/96, mantidas enquanto componente curricular obrigatório. De acordo com o Art. 5º do regulamento do treinamento desportivo (2018), “As turmas de Treinamento Desportivo são uma estratégia efetiva de formação de jovens enquanto educação social”, através do incentivo à realização das práticas esportivas, artísticas e culturais no ambiente escolar, estimulando a integração social e os processos educacionais. Nascimento (2018, p.1) afirma que “A condução do trabalho nas turmas de Treinamento Desportivo tem um fim eminentemente social, pois compreende as atividades de treinamento, como manifestação educacional, com conteúdo fundamentalmente educativo”. Quanto à forma de realização dos JEP’s. Foram identificados três modelos bem distintos: 2017/2018 - O JEPS, com categorias A (12 a 14anos) e B (15 a 17 anos), os alunos/atletas passam por 4 etapas de competição: municipal, regionais, estadual ou final. Neste modelo, os classificados na etapa municipal seguem para as regionais e por sua vez à estadual; 2019/2020 – Em virtude da pandemia da COVID 19, os jogos não foram realizados. Entretanto, foi dado ênfase ao processo de formação dos professores da rede estadual com o oferecimento, pelo NEL/SEDUC, do Curso de “Diretrizes para o novo cenário na área da educação física, esporte e lazer no contexto educacional”, com 34 unidades em formato EAD, através de vídeo aulas, via you tube, distribuídas em 6 módulos; 2021- realizado em somente uma etapa final, as modalidades coletivas foram sediadas uma em cada município e as individuais na capital, na intenção ainda de evitar maiores aglomerações; 2022- com vistas à alcançar uma maior participação das 12 regiões do estado, foram realizadas em 7, com previsão em 3 etapas – regionais, integração entre as regionais e super JEP’s ou etapa final.  A intensão do NEL para 2023 é realizar o JEP’s nas 12 regiões. Por fim, percebeu-se que o JEP’s é muito importante para o estado, a escola e alunos-atletas, por representar a base do desenvolvimento esportivo estudantil no estado do Pará. Por sua vez essa eficácia só é possível às escolas estaduais pela oportunidade oferecida através das turmas de Treinamento Desportivo.

 


Palavras-chave


Desenvolvimento do esporte, Jogos escolares, Esporte escolar