Biblioteca Digital de Eventos Científicos da UFPR, V SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE GESTÃO E POLÍTICAS PARA O ESPORTE

Tamanho da fonte: 
A CRIAÇÃO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO EM ESPORTE E LAZER DE MATO GROSSO
Éderson Andrade, Mônica Benedita Teixeira da Costa Correa, Ivan Lopes Dias

Última alteração: 20-10-2022

Resumo


Introdução e objetivo (s): O esporte e lazer tem se inserido cada vez mais na vida das pessoas na contemporaneidade. O esporte de uma forma especial é um dos maiores fenômenos da cultura humana. Sendo assim, cabe aos profissionais das áreas do esporte e do lazer o fomento e oferta de práticas de qualidade. Nesse cenário o governo de Mato Grosso criou em 2019 o projeto Escola de Formação em Esporte e Lazer de Mato Grosso. Métodos: Trata-se de um relato de experiência, que apresenta como a Escola de Formação em Esporte e Lazer de Mato Grosso foi pensada, criada e implementada. Resultados e discussões: A Escola de Formação em Esporte e Lazer de Mato Grosso trata-se de um projeto para a formação continuada dos profissionais de educação física e áreas a fins de Mato Grosso para o amplo desenvolvimento de práticas esportivas e de lazer exitosas com qualidade para a população. Implantado em 2019 o projeto realizou cursos de curta duração (10h) e Seminários. Em 2022 o governo, por meio da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer, firmou termo de colaboração com a Universidade do Estado de Mato Grosso para ações de maior abrangência, contando com dois eixos de ações a serem implantadas entre 2022 e 2023. O primeiro Eixo consiste em cursos de curta duração para profissionais de educação física e o segundo Eixo trata-se de formação continuada para gestores/as municipais de esporte quanto a gestão e construção de políticas esportivas e de lazer. Esse processo formativo poderá potencializar a construção de saberes da relação educação física, esportes e gestão de políticas públicas, encetando para o desenvolvimento de bons profissionais, para que saibam bem o que ensinam e constroem, que saibam tratar a área de esportes e lazer de forma coletiva e colaborativa (NÓVOA, 2009).  Considerações finais: É preciso investir no processo formativo para termos cada vez mais esporte e lazer para todas as pessoas de forma qualitativa. Consideramos ainda que o projeto tem um grande potencial para transformação em uma política de estado, não se limitando as ações do governo, sendo uma instituição autônoma dentro da autarquia estadual.


Palavras-chave


Política Esportiva. Escola. Formação Continuada.

Texto completo: PDF